MapaBicicultura

1. Como chegar

O Bicicultura 2016 acontece no centro de São Paulo, a distâncias similares dos metrôs Anhangabaú (Linha Vermelha), República (Linhas Vermelha e Amarela) e São Bento (Linha Azul). Os mapas geral de localização, um simplificado apenas com os locais onde ocorrem o evento e as plantas específica de cada um desses locais podem ser vistos neste endereço (http://bicicultura.org.br/programacao). Dicas sobre como chegar para quem vem de aeroporto ou pela rodoviária podem ser conferidas neste endereço.

 

2. Horários de início e de término das atividades

O Bicicultura 2016 possui uma programação extensa, tanto de atividades internas como de externas. A programação normalmente inicia por volta das 9h. Atividades que acontecem no triângulo Praça das Artes – Teatro Municipal – Galeria Olido tendem a se encerrar por volta das 17h-18h. Na quinta, sexta e sábado há programações noturnas que podem ir até além da meia noite.

 

3. Clima – o que esperar

Devido às quase 15h diárias de programação, esteja prevenid@. O clima de São Paulo está, neste momento, frio. Há momentos de calor com sol, mas também há possibilidades de chuva. Enfim, esta é a São Paulo no outono – esteja preparad@ para o que der e vier.

 

Mapa_Bicicultura_Especificos2

4. Credenciamento

Todas as pessoas que quiserem assistir a qualquer das atividades internas (Galeria Olido e Praça das Artes) devem se credenciar. Ao credenciar-se, você receberá um kit com brindes fornecidos por vários parceiros do evento e um livreto personalizado com a grade completa de programação. Teremos uma mesa de credenciamento na Galeria Olido durante a (e apenas na) quinta feira. Já na Praça das Artes, haverá credenciamento todos os dias. O horário de funcionamento do credenciamento é de cerca de uma hora antes do início das atividades (entre 8h30 e 9h) às 16h.

Para a cerimônia de abertura, estamos esperando um volume muito grande de pessoas. Para tanto, montamos uma operação especial na Galeria Olido para dar conta da demanda. Pedimos que você chegue lá com meia hora de antecedência, para conseguir fazer seu credenciamento antes de entrar. Caso não consiga, tudo bem – teremos os nomes de quem fez a inscrição ou está na lista de espera em uma lista na porta, para que vocês consigam entrar e credenciar-se depois. Lembrem-se apenas que essa operação é válida apenas para a cerimônia de abertura; para atividades a partir das 11h da quinta-feira, o credenciamento é obrigatório.

Se você fez a pré-inscrição, todas as atividades para as quais você se inscreveu ou para as quais você se inscreveu para a lista de espera estarão coladas no seu livreto de programação. Para quem não houver feito pré-inscrição, será necessário preencher uma ficha na hora e marcar as atividades disponíveis. Pessoas credenciadas devem apresentar a página com as inscrições na porta de cada sala, e entram na seguinte ordem:

  1. inscrit@s – devem chegar com 10 min de antecedência para não perderem o lugar;
  2. lista de espera – podem entrar a 5 min de começar a atividade, após a entrada de todas as pessoas inscritas;
  3. pessoas que não fizeram pré-inscrição e se credenciaram nos dias de evento

O credenciamento de imprensa é feito de forma separada – entre em contato conosco via o formulário de contato.

 

5. Como se localizar e se manter informad@ nos dias de evento

As principais formas de saber onde está o quê no Bicicultura 2016 são as seguintes:

  1. Livreto recebido no credenciamento, totens e cartazes na entrada das salas – informam os locais e horários previstos para cada atividade, sem detalhes;
  2. Site oficial do Bicicultura 2016 (bicicultura.org.br) – informa os locais e horários previstos para cada atividade, com detalhes. Clique no título de cada atividade para ver seu descritivo;
  3. Canais do Bicicultura no aplicativo Telegram (@bicicultura) e Twitter (@biciculturabr) – informam mudanças na grade de programação, saídas para passeios, restaurantes abertos principalmente na quinta (feriado) e domingo, além de dar vislumbres sobre o que está acontecendo naquele momento. Assinar um desses canais é muito recomendado;
  4. Facebook do Bicicultura – trará, junto com o site, atualizações um pouco maiores do que o Telegram/Twitter.

* Os totens estarão um na área externa do Teatro Municipal e outro no piso térreo da Praça das Artes.

 

6. Sou palestrante / oficineir@ / painelista / expositor / performer. Onde está minha atividade? Qual é a estrutura que tenho?

Já tivemos bastante contato com quem vai participar do Bicicultura 2016 de alguma forma, seja compondo uma mesa, seja expondo a sua arte. Converse com a pessoa que tem conversado com você, caso ainda tenha dúvidas. Separamos nossa equipe exatamente para poder fornecer respostas com mais qualidade.

Nas salas, a infra-estrutura básica é a de projetor + computador + sistema de som. Ou seja, você pode fazer a sua apresentação com tranquilidade. Se quiser trazer um banner para melhor expor suas ideias, traga sob sua responsabilidade. E, lembre-se, apresentações no formato de “pedaladas” (apresentação de cases) têm duração de 15 minutos apenas.

IMPORTANTE: não conte com internet nos dias de evento. Traga sua apresentação em um pen drive (preferencialmente em mais de um) e chegue com antecedência de pelo menos 15 minutos para que possamos testá-la no computador da sala. Se quiser passar um vídeo, traga o vídeo já no pen drive.

Se o vídeo estiver no YouTube/Vimeo etc, há diversos complementos para Firefox/Chrome que permitem baixá-los para a sua máquina – se tiver dúvidas, pergunte. Deixaremos o programa VLC instalado nos computadores das salas. Normalmente, o VLC reproduz praticamente qualquer vídeo, com quase todos os codecs, mas se quiser ter certeza de que seu vídeo vai funcionar, baixe-o (é gratuito e software livre) e teste-o antes de vir. Nunca é demais se precaver.

Para quem está nas atividades externas e precisa de mais estrutura, mandamos inclusive um email bastante detalhado sobre como será a montagem, como trazer suas coisas, como guardá-las, portanto não entraremos neste detalhamento aqui.

 

7. Alimentação

Embora haverá algumas food bikes vendendo comida na lateral do Teatro Municipal, com uma programação extensa como essa, você vai querer, em algum momento, comer uma comida mais substanciosa. Temos convênio com o restaurante Apfel, que é vegetariano/vegano, e onde você poderá comer a vontade por R$ 25 na sexta e no sábado (o flyer de desconto estará no seu kit de credenciamento).

Um pouco mais longe, mas não tanto, devem ficar abertos no domingo o restaurante Nutrisom (buffet) e a lanchonete do Estadão (tem prato-feito). Mapearemos opções para a quinta-feira e também para os outros dias – estes anúncios serão feitos nos nossos canais de Telegram (principalmente) e Twitter, veja acima a descrição sobre eles.

 

8. Hospedagem

Com a Parada LGBT acontecendo em São Paulo no domingo, há poucas opções de hotel ou hostels. Há, no entanto, dois hostels que se dispuseram a dar descontos para quem vem para o Bicicultura 2016. Toda essa discussão está acontecendo em um grupo do nosso Facebook. Entre lá e converse com as pessoas.

 

9. Bicicletas compartilhadas – traga trava/cadeado/tranca!

Especialmente para quem vem de fora, o Itaú, patrocinador oficial do Bicicultura 2016, oferece 200 bicicletas compartilhadas, que você pode usar gratuitamente. Quem fez pré-inscrição para as atividades via site do Bicicultura e marcou esta opção já tem a sua bicicleta reservada. Quem nos passou os dados pessoalmente, também. Mas é possível que ainda haja algumas, caso você chegue logo nos primeiros dias.

Para pegar as bicicletas compartilhadas, é preciso assinar um termo de uso e apresentar um documento. Basicamente, você se responsabiliza pela bicicleta, o que significa que você zelará pela segurança dela. NÃO TEREMOS TRAVAS, CADEADOS OU TRANCAS PARA USAR, então tragam as suas! No Bicicultura, será possível estacionar as bicicletas (compartilhadas ou não) com segurança em um local reservado. Garantiremos o mesmo para as programações noturnas de Mostra de Filmes (quinta), Lançamento/venda de livros (sexta) e baladinha (sábado).

Há algumas bicicletarias pela região, que deverão estar abertas só na sexta ou no sábado. Caso você precise fazer algum conserto, o Espaço Mão na Roda, da oficina comunitária Mão na Roda, é uma ótima opção. Lembre-se apenas que a oficina comunitária funciona pelo princípio do faça-você-mesm@. Peça ajuda se precisar, mas mexer na sua bike é você quem mexe. =)

 

10. Último aviso – a Parada LGBT, no domingo

No domingo acontece a glamurosa parada LGBT, que tradicionalmente desce da Avenida Paulista até a Praça Roosevelt. Normalmente, há muita gente (muita mesmo) na Parada, então saiba que a região da Av. Paulista e Rua da Consolação estarão interditadas para tráfego de veículos motorizados e bicicletas. Busque rotas alternativas para chegar ao Bicicultura.